3:52:00 PM

Tá esperando o quê?

Postado por Meg |

Eu esperava...
Uma justificativa
Uma palavra amiga
E até um pedido de desculpas
Esperava bolo de aniversário
Festa de despedida
Como eu sempre fiz!
Esperava...
Um pouco mais de compreensão
Uma palavra de gratidão
E até mais telefonemas
Esperava tantas coisas!
E mesmo em meio a grandes decepções
Continuei esperando
Acreditando no melhor do ser humano
Com essa mania otimista que eu tenho da vida
Mas até os meus grandes heróis me decepcionaram
E nem tiveram coragem de me olhar nos olhos
Foi foda!
Desculpe o palavrão
E me desculpem aqueles a quem causei alguma decepção
Mas a vida às vezes desfaz o “cor-de-rosa”
E de repente, num encontro com o espelho a gente diz: “acorda!”
Pronto! Cá estou também
Crua assim, já não espero nada de ninguém....
*
É dose mesmo! Sei que muita gente quando ler isso vai entrar em contato comigo e dizer: “Viu que eu te avisei?”... pois eh! Mas é vivendo que se aprende, tomando umas Bofetadas da vida. Fazer o quê? Vamo em frente que atrás vem gente. Boa semana a todos.
claudia.magnolia@hotmail.com

6 Comentários:

An@Lu disse...

Gostei do poema. Directo, sincero. Dilema: esperar e decepcionar ou viver sem esperança?!
Beijo

Jéssica disse...

hahahaha owww brigada! mas so to contando lá meus "causos" e as confusões da minha vida!
E depois que encontrei o meu amor ai que eu do risada mesmo lembrando de minhas antigas paixões!
Adorei o teu também! Me identifiquei bastante vou te "linkar"!!
E não sei bem sobre o que se trata o poema mas como falo para as minahs amigas: "Quando a gente cai é porque Deus que a gente conheça mais de perto o chão em que caminhamos" a gente sempre aprende das formas mais dolorosas, e por isso são as melhores formas, porque so assim agente não esquece do que aprendeu!

Beijos!

Net Esportes disse...

Todo blog que cita Clarice Lispector é um lugar onde se pode ler coisas interessantes..

Bruno R.Ramos disse...

Show de bola aliás de blog@!
Parabéns!

Dona Ju disse...

Obrigada pela sua visita ao Blog Diversitate!

:)

Pois é.. eu gosto de contar essas pequenas coisas do cotidiano que às vezes passa tão batido que a gente às vezes não se toca que possam ser diferentes, excessõers ou até divertidas..

Quanto ao seu poema, pois é, acho que todo mundo um dia já se decepcionou com alguém. Eu tive algumas decepções mas existem três pessoas que me decepcionaram profundamente mas que eu levei como lição.

Espero que vc faça o mesmo e vamo que vamo!

Bjão!

Linda Nunes disse...

É amiga COM CERTEZA
concordo PLENAMENTE
com esse texto que tem vezes que a gente precisa "tomar na cara" msm pra ver se aprende né... :(
infelismente assim é a vida...

Bjks

TE AMOOOOOOOOOOOOOOOOO